Indicadores | Importância Voltar
 

"Um indicador é um símbolo ou um sinal que traduz uma mensagem complexa numa forma simplificada e útil, provendo informações a respeito de uma tendência ou evento que não podem ser diretamente observados.
Os indicadores são instrumentos essenciais para o monitorar o estado do ambiente costeiro." [1]

Por que os indicadores são tão importantes ?

Diversos países no mundoA mantêm sistemas de indicadores de Desenvolvimento Sustentável (DS), frente às exigências cada vez maiores da gestão ambiental que prioriza a prevenção e minimização dos impactos ambientais e que porporciona segurança às populações que vivem na costa ou longe dela.

Desde o início da ocupação da zona costeira, as populações têm interagido com o sistema ecológico costeiro e interferido em diversas das relações entre seus compartimentos. Capacidades adaptativas tem sido apresentadas por diversos organismos diante das alterações ambientais, porém existe um limite, que depende da capacidade de suporte do meio, além do qual não se pode ultrapassar sem que haja perda de vida.

As atividades antrópicas devem então ser objeto de intenso e permanente acompanhamento, a fim de que o limite de sustentabilidade do meio não seja ultrapassado. Nesse âmbito, a proposição, o levantamento e a análise de indicadores são importantes como ferramenta de diagnóstico do estado ambiental e de inferência da evolução dos cenários.

A análise de indicadores de sustentabilidade, contudo, deve ser fundamentada em aspectos históricos já conhecidos, além de envolver o maior número possível de relações entre índices. Somente assim, o cenário indicado pela análise dos índices se aproximará do mundo real.

Em 2005, no sentido de favorecer a eficácia da aplicação de indicadores, Marzall e Almeida [2] sintetizaram algumas das características desejáveis no momento da escolha dos mesmos:

  1. Deve fornecer uma resposta imediata às mudanças efetuadas ou ocorridas em dado sistema;
  2. Deve ser de fácil aplicação, ou seja, o custo e o tempo gastos devem ser adequados e deve ser viável efetuar a medida;
  3. Deve permitir um enfoque integrado, relacionando-se com outros indicadores e permitindo analisar essas relações e
  4. Deverá ser dirigido ao usuário, ser útil e ser significativo para seus propósitos, além de ser compreensível.

Assim, a aplicação de indicadores de sustentabilidade proporciona o entendimento de realidades complexas, como as encontradas em zonas costeiras, uma vez que traduz em uma linguagem simples, aspectos antes analisados com maior dificuldade.

Finalmente, incentiva-se a adoção de sistemas e programas livres no desenvolvimento das pesquisas por instituições públicas e privadas, pela economia, independência, segurança, estabilidade e robustez de todo o seu conjunto. Linguagens poderosas como o PHP (PHP processador de hypertexto), aliadas ao gerenciamento de bancos de dados, suportadas em ambiente livre (BSD, Linux, Apache2, ...), constituem ferramental útil no processamento dos dados levantados e cálculo dos índices.


A Alguns dos países que mantêm sistemas de indicadores de DS:


Referências:

[1] LINTON, D.M. e WARNER, G.F. 2003. Biological Indicators in the Caribbean Coastal Zone and their Role in Integrated Coastal Management. Ocean & Coastal Management, 46: 261-76.

[2] MARZALL, K. e ALMEIDA, J. O Estado da Arte sobre Indicadores de Sustentabilidade para Agroecossistemas. [online] atlas.sct.embrapa.br/pdf/cct/v17/cc17n102.pdf ( clique aqui para ler o documento).

Licenciado por: Auditado IMD: Desenvolvido em: